Sobre franjas

Esse post é bem aleatório, mas é só pra contar que eu estou: com saudades da minha franja curta. Eu passei longos anos usando franjinha e sempre gostei, acho que combinam comigo. E elas são bem democráticas, ficam boas em cabelos lisos e cacheados. Mas desde que cortei curtinho, isso mudou.

Quer dizer, com o pixie a franja ainda existe, mas como o cabelo está curto é como se ele todo fosse… franja. Ela já não existe como uma parte especial do cabelo. Entendem? Ou não? Enfim. Daí que eu estou sentido falta e resolvi compartilhar com vocês as donas das franjas mais bonitas da minha vida.

A primeira, sem dúvidas, Anna Karina, minha musa número 1. Ícone dos anos 60 e que usa franjinha até hoje! Pode ser comprida, por ser curta, não importa, todas caem bem pra ela. A segunda, outro rosto conhecido da década de 60, Jane Birkin. E a última, mais contemporânea, a bonita Felicity Jones.

 photo fp9shhru2uhgghu - Copy_zps9t6h72fd.jpg

 photo fournol-luc-anna-karina-1964_zpsslq1ta8x.jpg

 photo janebirkin_zpsa95utvgt.jpeg

 photo felicity-jones_zpsg5ytxtb1.jpg

Essas são as três moças que me vem à mente quando penso em franjas. E olhando assim para as fotos reunidas, elas meio que se parecem… O que isso significa? Não sei.

Mas e vocês, o que acham de franjas? Tem outras musas de franjinha também?

Anúncios

10 comentários sobre “Sobre franjas

  1. Amo todas! Quis ter uma franja meio Felicity Jones hahaha, mas confesso que não me adaptei muito, mesmo amando. A franja cresceu rápido de mais e… sei lá se corto de novo ou não, mas sim: acho bem democrática, entende?

  2. Adoro franjas <3 uma epoca eu tinha e sempre deixava entre a sobrancelha e o nariz, secava todo dia, agora to deixando ela natural e gosto tambem, ondulada.
    E gosto muito de corte pixie com aquela franja curtinha (tipo no meio da testa ou ate menorzinha), acho que fica uma graça!

  3. Uma confissão: eu cortei franja depois que minha mãe falou que minha testa é muito grande. Hoje ela tenta me convencer de que minha testa é normal, mas eu não abandono a franja!
    E a musa da franja, para mim, é sempre Zooey Deschanel.
    Beijos!

  4. Eu sempre tive amor por franjas, mas meu cabelo nunca foi muito adaptável às queridas franjas. Uma vez na adolescência ainda cortei sozinha em casa e me ferrei, pois tinha que fazer escova todos os dias e elas teimavam em se separar onde o cabelo já estava acostumado (no meio). kkkkkkkkkk foi tenso!! Lindas as moças. Você fica linda de qualquer jeito :*

    Beijos!

  5. super parecidas mesmo. olhei rápido pras imagens e travei no “elas meio que se parecem” com um “wtf mas não é a mesma pessoa?”. aí precisei olhar novamente né. e sabe, franja é meu ponto fraco porque é um caso de amor pra ficar só nos sonhos mesmo. só consegui ter duas vezes da vida (uma quando criança então meio que não conta) e nunca mais :~ tenho um redemoinho bem na tampa da testa e não rola :~ e né, sem forças pra fazer escova all fucking time só pelo prazer de ter uma franja :( anyway, sofrências a parte. acho lindemais e super combina com você :)

  6. “Quer dizer, com o pixie a franja ainda existe, mas como o cabelo está curto é como se ele todo fosse… franja” HUASIDHAIUDSHAUIDAHIU

    Eu amo franjinha, mas me prefiro sem franja e odeio quando ela está ‘crescendo’. Mas mesmo preferindo sem eu já fiz algumas vezes e estou tentada a fazer de novo. Quanto às musas, SEMPRE que eu vejo O Diabo Veste Prada eu tenho vontade de fazer franja. Sério.

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

O que você pensa sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s