Um pouco de Jean Seberg

Um pouco de Jean Seberg, de cabelinho lindo e roupas confortáveis, para começar essa semana.

 photo 425ad00ec1f47f0f918bd08e4aeb7eb8_zpspoorbk7f.jpg

 photo d51ec2c3d0fea1b96824d349c2a3ea4e_zpswuowc4le.jpg

 photo 1b2348d169b97ee9a157d7659c00849c_zpsoq57agon.jpg

Jean Seberg foi uma atriz norte-americana que começou sua carreira bem cedo, aos 17 anos. Em 1957, ela participou de uma seleção para o papel de Joana D´Arc no filme de Otto Preminger. Entre muitas candidatas, ela foi selecionada e assim iniciou sua carreira. Depois disso, fez também o filme Bonjour Tristesse, mas a fama veio mesmo depois de atuar em O Acossado, de Jean-Luc Godard, um dos primeiros filmes da Nouvelle Vague na França (e que, inclusive, merece um post à parte!).

Apesar de se tornado um dos rostos mais conhecidos da Nouvelle Vague, a carreira de Jean foi cheia de altos e baixos e, infelizmente, não teve um final feliz. Saber lidar com a fama e com as críticas não deve ser nada fácil pra alguém que está sozinho num outro país, tentando fazer algo novo… Encontrei essa entrevista em que ela conta um pouco sobre isso e sobre as dificuldades e pressões que sofreu no início de seus trabalhos com o cinema.

Então, pra quem não conhece, aqui está um pouquinho de Jean Seberg.

Anúncios

7 comentários sobre “Um pouco de Jean Seberg

  1. Ainda não havia visto esta entrevista, muito interessante.
    Jean é linda e talentosa, um ícone completo. O que são aquelas roupas listradas lindas em Acossado? Meu sonho de consumo!
    Beijos!

  2. Esse post foi pra mim, né Carol? ;) Eu e o Truffaut, acho que fomos as únicas duas pessoas no mundo a gostar da Jean em Saint Joan. Hahaha! Coitadinha.

    Eu sempre fico um pouco chocada com as entrevistas dessa época (especialmente as francesas), em ver como os entrevistadores eram agressivos e como não tinham receio de demonstrar que não simpatizavam com os entrevistados. Eu não acho isso necessariamente ruim, acho bem interessante até, essa liberdade, esse desprendimento… Tenho nervoso de ver as entrevistas de hoje, quando me parece que TODOS os jornalistas querem criar uma relação falsa de intimidade com as celebridades, dizer que são “amigos” ou que “se frequentam”.

  3. esses teus posts sempre me dão vontade de cortar o cabelo (apesar de estar louca pra velo gigantesco novamente).

    e não sabia que tinha uma versão mais antiga do filme da joana d’arc. só assisti o que é com a milla jovovic e tô com o livro pra lerrrrrrrr

O que você pensa sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s