Em cartaz #16: Grease

Eu sinceramente não sei falar pra vocês quantas vezes assisti Grease. É um dos filmes favoritos da minha mãe e desde que ela o apresentou pra mim e pra minha irmã há alguns anos atrás, perdi a conta de quantas vezes assistimos.

Nós sabemos cantar e dançar todas as músicas, sei as falas de cor, sei os gestos, eu poderia narrar o filme pra vocês. Todo ele. Inclusive temos dois vídeos onde a Lívia é Olivia Newton-John e eu o John Travolta. Mas não vou comentar isso.

Então, depois dessa declaração, nada mais justo do que trazê-lo para essa sessão do blog que eu tanto gosto. Os cartazes não são muito espetaculares, não muito diferente do que eu já tinha visto em capas de DVD por aí, mas encontrei algumas coisas interessantes.

Estes quatro primeiros acredito que sejam os mais reproduzidos, acho até que o primeiro era a capa do DVD que a gente tinha (emprestamos pra uma amiga e ela nunca devolveu. Se você está lendo isso, saiba que não é mais nossa amiga! haha)

 photo grease6_zps92c8d1c2.jpg

 photo grease5_zps21522cd3.jpg

 photo grease7_zps7fc1713a.jpg

 photo grease1_zpsc7e1eaee.jpg

Posso estar forçando a barra, mas esses dois primeiros aqui de baixo – ambos dos EUA – me lembraram muito os cartazes do Godard, principalmente os de Uma mulher é uma mulher. Eles são uma espécie de colagem com frames do próprio filme e o fato das imagens estarem em preto e branco é o que me remete aos cartazes do Godard. É curioso. Não sei dizer, mas talvez fosse uma tendência de design da época.

Os cor-de-rosa são, respectivamente, da Espanha e da Alemanha. Não entendi muito bem a escolha da cor, já que – tirando a jaqueta-uniforme das Pink Ladies – o rosa não parece ser uma cor predominante no filme. Eu provavelmente não teria usado essa cor, mas achei que ficou legal no final.

 photo grease2_zps028ccc42.jpg

 photo grease3_zps09342f8b.jpg

E claro, não podemos deixar de falar dos orientais e daqueles do centro e leste europeu, que geralmente são os mais criativos.

O que dizer deste primeiro da República Tcheca, gente? Uma mistura de cores e de formas que no final não ficou nada a ver com o filme. Mas respeito, tá psicodélico, tá divertido, bem do jeito dos outros da República Tcheca que já encontrei. Ao lado, o da Eslovênia ficou bem bonito. Adoro essa cena e acho que representa bastante o filme. Provavelmente também teria usado essa cena se eu tivesse feito o cartaz.

O outro é do Japão e, sinceramente, não gostei mais por causa dessa foto. Acho feia. Olivia Newton-John não está no seu melhor ângulo. Também não curti por causa do azul, achei que não combinou. Desculpa, gente, mas sou dessas que não gosta de detalhes e as vezes não tem explicação.

 photo grease4_zpsfcac5919.jpg

Bom, e você? Não assistiu Grease? Deixa eu te contar, eu estou falando do Grease – Nos Tempos da Brilhantina de 1978 (porque tem um Grease 2 que é horrível, não gastem seu tempo).  O filme, que na verdade foi baseado em um livro, é um musical high school ambientado nos anos 50 e foi o filme do gênero que mais arrecadou nos EUA até hoje. Primeiro ele foi transformado em peça na Broadway e virou um fenômeno, ficou em cartaz por muito tempo. O filme só veio contribuir pra fama já que passou a ser conhecido internacionalmente. Minha mãe conta que se vestia como a Sandy! Imaginem isso!

Se você não assistiu, provavelmente já deve ter ouvido alguma dessas músicas. Meu primeiro contato com Grease foi através dessa versão de You’re the one that i want canta por Sandyjunior, quem lembra?

 

As músicas, as coreografias, os cenários, as roupas, os penteados… <3 Sou apaixonada, já deu pra perceber, né?

E vocês, já assistiram? Gostam também? Detestam?

Bom semana pra todo mundo!

Anúncios

22 comentários sobre “Em cartaz #16: Grease

  1. Adorei as versões diferentes de cartazes! E bom, eu não gosto de Grease porque é músical… e pra musicais eu sou muito chata, então não me odeie. Agora o figurino, é demais. Quem dera usássemos essas roupitchas hj em dia ainda. De qualquer forma amo John Travolta, e Os Embalos de Sábado a noite, serve? Haha, adorei o post, bj!

  2. Sou apaixonada pelo visual em geral, moda, maquiagem, caracterização de cada personagem, é realmente lindo. Eu já assisti milhares de vezes quando era criança, hoje em dia acho mega cansativo os musicais, acho que estou impaciente ahaha. Vc falou sobre ser um musical high school, daí já imaginei as crianças de hoje falando de high school music e glee, daqui uns 20 anos. :v

  3. Acredita que eu nunca assisti a esse filme? E agora estou aqui me perguntando o motivo, já que volta e meia eu assisto a algumas cenas dele – por conta das músicas e tal. Por exemplo, sou louca apaixonada por “You’re the one that I want” e sempre a toco no violão, rs. Eu também não sabia que o filme foi baseado num livro…

    (Ah, obrigada pelo comentário lá no blog. Fiquei muito feliz com as suas palavras)

  4. Guria, eu só vi Grease pela primeira vez mês passado! Talvez não tenha sido tão brilhante (apesar do nome) para mim porque para mim “não teve grande significado” já que não vivenciei a época ou não vi com minha mãe ou algo emocionante, mas achei muito divertido e adorei as músicas (principalmente a Summer Nights e a música final <3). E aahhh, eu gostei dos cartazes rosa!!

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

  5. Grease é um daqueles filmes que você não consegue enjoar de assistir. A trilha é maravilhosa, a estética é linda, os atores são ótimos, não tem como não gostar.
    ps: enquanto escrevo o comentário tô ~tentando~ cantarolar uma das músicas da trilha. hahaha
    Beijos

  6. Assisti Grease dia desses, PELA PRIMEIRA VEZ! HAHAHA. Eu achei meio diferente do que tou acostumada a ver, mas é óbvio né? haha. Foi interessante assistir a um clássico, mas acho que não teria paciência de ver de novo… Talvez só algumas das músicas. Assisti com minhas duas irmãs e gostei mais da última música. Gostei dos posters! E concordo com o que dissesse sobre a protagonista estar feiosa, hahaha.
    Beijinho.

    • Hahaha pois é, comentei outro dia com alguém que realmente não seria a mesma coisa se eu assistisse hoje. Mas de qualquer jeito é um filme que vale super a pena, né? É um clássico da época e pra quem gosta de musical é um prato cheio!

O que você pensa sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s