Em cartaz #11: Azul é a cor mais quente

Vou compartilhar com vocês uma informação: um dos posts mais acessados do blog é esse sobre o filme Azul é a cor mais quente ou Blue is the warmest color ou La vie d´Adele. Isso me deixa muito feliz porque foi um dos melhores filmes que assisti no ano passado e nos últimos tempos. E acredito que esse vá ser um daqueles filmes que continuam repercutindo, então obrigada se você entrou aqui pra ler sobre ele!

No post, contei que sou dessas que compra o livro pela capa ou assiste o filme por causa do cartaz e foi assim que conheci Azul é a cor mais quente. Ele estava em destaque no Filmow como os próximos filmes que iriam estrear e me encantei na hora por esses cabelos azuis lindíssimos da Léa Seydoux (que, inclusive, também já apareceu por aqui).

Bom, ela está no título e também tem um papel importante no filme, então é de se esperar que a cor azul fosse explorada nos cartazes.

 photo azuleacuteacormaisquente3_zpscd2f5ecf.jpg

 photo azuleacuteacormaisquente2_zpsca09d644.jpg

Esses três primeiros talvez sejam os que a gente mais vê por aí. Existem muitas variações deles. Eu gosto mais do primeiro, só com a Léa. Acho mais misterioso. Esses que insinuam um beijo são bem mais comerciais, explicitam o que o filme vai mostrar. É uma estratégia de marketing, né?

 photo azuleacuteacormaisquente4_zps7b77a4f9.jpg

Os minimalistas são meus preferidos. Esse todo azul nunca tinha visto antes e achei lindíssimo. Ficaria totalmente curiosa pra saber do que se trata o filme se o cartaz oficial fosse assim! Gosto muito do segundo também. Tenho visto esse desenho em muitas estampas de camisas e sites que vendem posteres. Acho bem legal a forma com eles jogaram o vermelho no meio de todo o azul. Fez toda diferença!

 photo azuleacuteacormaisquente1_zps9a71fc08.jpg

E, por fim, os asiáticos, que sempre brilham por aqui. Os dois são da Coreia do Sul. Gostei particularmente do segundo. Original e diferente dos outros. Também achei que ele representa bem o filme, é delicado e um pouco sensual. Enfim, é aquele tipo de coisa difícil de explicar, acho que ele está em sintonia com a vibe do filme e por isso gostei muito.

Estou numa fase de achar mais bonitos os cartazes que são feitos com fotos de verdade, sem muitos efeitos ou sem estilizá-las. Eles parecem mais vibrantes e sinceros, se é que isso fez algum sentido, haha!

Bom, esses foram os cartazes dessa segunda. Espero que tenham gostado! E se você ainda não assistiu Azul é a cor mais quente, fazfavô de colocá-lo na sua listinha porque é lindo!

Boa semana pra todo mundo! o/

 

Anúncios

8 comentários sobre “Em cartaz #11: Azul é a cor mais quente

  1. Tbm gostei mais dos minimalistas, principalmente o que tem o desenho do lábio e o cabelo. Achei fantástico! Mas o filme… teria gostado mais se fosse mais curto. É sim uma história linda, as interpretações foram fantásticas, adorei a fotografia, mas não achei q tinha história suficiente pra 3 horas e meia (é isso msm, né? já tem alguns dias que assisti, rs). Sei lá, acho q dava pra ter feito um filme tão bonito quanto sem algumas cenas (de sexo, inclusive. algumas foram bem longas). Mas é minha opinião, rs.
    Me tira uma dúvida. Sabe se vai ter continuação? Vi em vários lugares e até em alguns cartazes ai em cima escrito “Capítulo 1 de 2”.

    • É, também concordo que não precisava ser tão longo. Podia ter o tamanho normal de uma hora e meia e acho que já dava conta do recado, hehe!
      Então, na verdade, tenho quase certeza absoluta que esse “Capítulo 1 de 2″ faz referência aos capítulos da história em quadrinho. O início do filme é bem parecido com o livro, mas depois fica todo diferente. Acho que não tem continuação, não…
      Beijo!

  2. O meu favorito foi o Asiático da piscina. Achei absolutamente foda.
    Mas, como você disse, os minimalistas também são demais.
    O primeiro é bonito mesmo, mas não tão bom, e os comerciais são os piores. Rs

  3. Esse da piscina e o todo azul são maravilhosos! Apesar q esse do batom também é muito lindo, a variação de tom de azul dando a impressão de ondas é algo muito bem planejado.

    Já o filme não achei tudo isso

  4. eu adorei muinto o filme. é delicado e ao mesmo tempo intenso. parece entrar na vida da gente e derrubar todas as barreiras de pensamentos repedidos. quando vi o tema por acaso em uma pagina de internet, aquilo me prendeu o olhar e a curiosidade dos cabelos azuis de emma. eu adorei.

O que você pensa sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s