Uma inspiração: Anna Karina – parte 3

Mais uma vez Anna Karina está no blog e por um motivo especial: hoje é seu aniversário! Sim, Anna Karina está completando 73 anos. Ela está uma senhorinha, mais mantém o estilo. Parece que não vai nunca abrir mão da franjinha e do delineador!

Anna-Karina-Cannes-France-001

Como já comentei em outros posts, Anna dançava, cantava, pintava e atuava muito bem. Então, para celebrar essa data, escolhi falar sobre o filme protagonizado por Anna que eu mais gosto, Une femme est une femme.

une-femme-est-une-femme-preview

Como já falei, é um dos meus favoritos de Godard. Resumindo bem, o filme conta a história de uma dançarina, Angela, que vive um dilema: ela quer ter um filho. Mas seu marido/namorado, Émile, não quer. No meio desse conflito, ainda tem um amigo de Émile, Alfred, que gosta de Angela e fica tentando umas investidas.

Assim como em outros filmes de Godard, a arte é muito bem trabalhada nesse, destacando as cores vermelho e azul. A vibe é toda bem alegrinha, tudo muito colorido, com um quê de comédia. Li uma vez em algum lugar que Godard se inspirou nos filmes de Keaton para as atuações de Une femme. Se é verdade ou não, não sei, mas faz bastante sentido. As atuações são exageradas e me parecem até teatrais. De certa forma, me dá a impressão de que as vezes ele ironiza as relações entre casais através disso.

une_femme_est_une_femme_10-2

a-woman-is-a-woman

Fico na dúvida se o filme poderia ser classificado como musical também. Acho que eu falaria que ele é meio a meio. Tem muita música, mas quase todas elas parecem ser acionadas pelas ações de Angela, como no trecho lá de baixo. Essa questão sempre me pegou por causa de uma cena que tem logo no início do filme – mostrei no Anna Karina, parte 2. Angela está no cabaré, se preparando para sua apresentação. Um piano começa a tocar e ela entra em cena. Quando ela canta, porém, o som do piano some e ouvimos somente sua voz. Isso me dá a sensação de que o som que ouvimos é o que Angela ouve dentro da cabeça dela. Como se todos os sons fossem guiados pelo interior dela. Sacaram? Não? Não importa, estou viajando aqui também, haha! A trilha é do Michel Legrand e ainda não encontrei pra download : (

tumblr_lhtmt1yi6w1qh5y4mo1_500

Acho que já falei antes, mas se você nunca viu nada de Godard, acho que é uma boa começar com esse. Acho que é um filme que virou referência em vários âmbitos. Na moda, principalmente, tem vários ensaios inspirados no estilo de Angela. Inclusive algumas marcas lançaram catálogos todos no estilo de Une femme. É só dar uma futicada no google que vocês encontram.

Pra finalizar, escolhi uma das cenas do filme que eu mais gosto pra mostrar pra vocês! Acho que ela condensa todas essas impressões das quais falei aqui.

E aí, o que vocês acharam? Pra quem já assistiu, quais as suas impressões? : )

Anúncios

8 comentários sobre “Uma inspiração: Anna Karina – parte 3

  1. Que cenas bem sacadas!! A conversa escovando os dentes, depois através de livros.. E nossa, faz muito muito tempo que não assisto a filmes mais antigos assim, desde que a locadora perto de casa fechou, e eu não sei os nomes de cor, só lembrava quando olhava a capa xD acho que vou começar a anotar! hehe

    bjs

  2. Pingback: 5 filmes para assistir numa segunda-feira chuvosa | Uma cadeira, por favor!

O que você pensa sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s